Pois saiba que essa deliciosa bebidinha ajuda a emagrecer. Isso se deve a um de seus componentes: a cafeína. “Essa substância age como estimulante, aumentando o metabolismo do corpo e a queima calórica”, explica a nutricionista Rosana Perim Costa, gerente de nutrição do Hospital do Coração, em São Paulo. Mas ela faz um alerta: “Não use o café apenas como redutor de peso. Ele é um simples coadjuvante do processo de emagrecimento”. O café, além de saboroso, é muito nutritivo. Ele pode conter até 30 tipos de minerais(entre eles potássio, manganês, cálcio, sódio, ferro, magnésio, zinco, cobre e cromo). Esse número pode variar de acordo com o solo em que foi cultivado. “O café robusta, por exemplo, tem uma maior quantidade de minerais do que o arábica”, diz a especialista. A bebida contém também uma grande variedade de polifenóis, como os ácidos clorogênicos, cafeico, ferúlico e o p-cumárico. Eles têm ação antioxidante, que evitam várias doenças. E quantas calorias tem um cafezinho? Uma xícara de 50 ml da versão pura (sem açúcar) contém só 2 calorias. Mas nem por isso você deve exagerar no consumo. A nutricionista indica quatro xícaras diárias para quem é saudável. Não é recomendável para pessoas com problemas gástricos (gastrite, úlcera e refluxo gastroesofágico), arritmias cardíacas, insônia e transtorno de pânico. Os efeitos da cafeína podem agravar os sintomas. Tem um outro detalhe importante: a forma de preparo da bebida. É indicado sempre o uso de coador de papel ou de pano. Sem a filtragem, substâncias gordurosaspresentes nos grãos do café podem passar para a bebida. Aí já viu o estrago, né. Além de engordar, a gordura eleva os níveis de colesterol no sangue. Fonte: M de Mulher

Comments are closed.

Scroll to Top